A evolução do futebol brasileiro entre duas Copas do Mundo

 

Imagem

Garrincha dribla Mel Hopkins, na partida entre Brasil e País de Gales, na Copa de 1958

Por Lucas Baldez*

Contar mais de 50 anos da história do futebol brasileiro não é fácil. Essa tarefa se torna ainda mais árdua quando relacionada com a transição política por que passou o país entre a segunda metade do século XX e o início do XXI. Talvez fosse necessário o mesmo tempo para se contar toda a trajetória da Seleção Canarinho durante essa época. Este foi o maior desafio dos roteiristas Eugine Pierrobon e Renato Nogueira no documentário “Brasil – de 1950 a 2014”, produzido pelo canal SporTV, em 2007.
Ao narrar a saga da seleção durante o período que separa as duas Copas do Mundo no Brasil, o filme mostra a intensa transformação político-social do país, que acaba se refletindo no futebol. O jornalista Clóvis Rossi é o entrevistado responsável por descrever aos espectadores o cenário brasileiro durante mais de cinco décadas. De Getúlio Vargas a Lula – presidente em 2007–, ele explora muito bem o fato de como os Governos, principalmente os da ditadura, se aproveitavam da paixão do povo pelo futebol para se autopromoverem.
Fica na conta do produtor musical Nélson Motta comentar as relações sociais de cada época e as diversas inovações musicais. Pela quantidade de informações, talvez até fosse o caso de se produzir uma pequena série, ao invés de documentário. A proposta de relacionar futebol com música e política é interessante, mas o curto tempo do filme (uma hora e meia) não permite que a narração evolua com naturalidade.
Falecido em 2011, o radialista Luiz Mendes comenta com enorme precisão as participações brasileiras nas Copas. E ninguém melhor que ele para isso. Fanático pelo esporte desde pequeno, Mendes foi o narrador brasileiro da Copa de 1950. É dele a narração do gol do uruguaio Alcides Ghiggia, que decretou o vice-campeonato brasileiro em um Maracanã com mais de 200 mil torcedores. Não se pode deixar de comentar o quão emocionante é o começo do documentário, quando se fala justamente deste jogo.
O pouco tempo destinado para relatar a história do futebol é o preço de se explorar o lado social e político. Em um período de 15 Copas do Mundo, a prioridade teve que ser dada aos grandes jogos, às decisões e, principalmente, aos Mundiais em que o Brasil foi campeão.
De um modo geral, o documentário prende a atenção. Embora pareça corrido em alguns momentos, não há como se perder na história, já que a narrativa é cronológica. Se a abertura de “Brasil – de 1950 a 2014” é uma viagem ao passado, o encerramento leva os espectadores a um futuro próximo. Sem esconder a expectativa da chegada do segundo Mundial em território nacional, o filme levanta dúvidas e indagações pertinentes quanto à realização do evento. Apesar de não ser atemporal, o documentário é altamente recomendável para as novas gerações que se interessarem por conhecer melhor a evolução do esporte mais popular do país.

Referências:
 Documentário: “Brasil – de 1950 a 2014”
 Duração: 90 minutos
 Roteiristas: Eugine Pierrobon e Renato Nogueira
 Ano: 2007

 

* Amigo do Português e da Matemática, Lucas cursou Jornalismo até o 4º período na Facha (Faculdades Integradas Hélio Alonso) e, atualmente, estuda Estatística na Ence (Escola Nacional de Ciências Estatísticas). Independente de trabalhar com textos ou com números, o carioca criado em Campo Grande sempre foi apaixonado por futebol. Jogando na linha, sua especialidade era o gol contra. De coração vermelho e preto, Lucas desconfia do futebol da Seleção Brasileira desde o fiasco na Copa de 2006.

 

 

Anúncios
Categorias: Sociedade | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: