República Popular do Brasil ― Resumo de uma revolução

 

Image

Bandeira da República Popular do Brasil

 

 

 

Em 2013, chegam ao Brasil médicos cubanos convidados pelo governo federal para assistirem a população mais carente do interior do país.  Fidel Castro antevê a missão como oportunidade de reviver o ideário revolucionário de Sierra Maestra. Trava contatos com setores à esquerda de partidos políticos e movimentos sociais brasileiros. Busca apoio da Venezuela.

Guerrilheiros cubanos, venezuelanos e brasileiros infiltram-se na Amazônia disfarçados de médicos. Tribos indígenas e população ribeirinha recebem treinamento de guerrilha. Em junho de 2014, a 12ª Região Militar intercepta armamentos vindos de Cuba. Em julho, iniciam os primeiros focos de guerrilha na fronteira com a Venezuela.

Durante os primeiros meses de 2015, os combates contra as Forças Armadas são intensos e vários guerrilheiros morrem ou são presos. Mesmo assim, os líderes do movimento não desistem e, com um grupo pequeno, continuam a luta. Começam a usar as redes sociais para divulgar as ideias revolucionárias e conseguir o apoio da população.

Com as mensagens revolucionárias, os guerrilheiros conseguem o apoio do MST, da Via Campesina, de centrais sindicais e outros movimentos sociais. Havia muitos trabalhadores sem terra e militantes de esquerda revoltados com o retorno do PSDB ao poder. Jovens da AL passam pela fronteira com o Brasil para se juntar à luta. Milhares de brasileiros das cidades e do campo começam a entrar na guerrilha, aumentando o número de combatentes e conquistando vitórias em várias cidades. O Exército estava registrando muitas baixas e o governo sentia o fortalecimento da guerrilha.
Em agosto de 2015, o Comando da Quarta Frota, na Base naval de Mayport, recebe ordens de Washington para deslocar-se com destino à América do Sul. A armada constitui-se de quatro torpedeiros, dois contratorpedeiros, três porta-aviões e dois submarinos.

Numa reunião de emergência, o Conselho de Defesa da Unasul adverte o governo dos EUA de que a manobra é uma ameaça à soberania das nações latino-americanas. No documento produzido, sobressai o discurso da não tolerância a mais uma intervenção militar na AL.

O governo de Nicolás Maduro promete que os aviões Sukhoi Su-30 de seu país podem afundar quaisquer navios norte-americanos invadindo águas venezuelanas. O ex-presidente Fidel Castro adverte que podem ocorrer mais incidentes, tais como a intervenção colombiana no Equador. Pronunciamentos do Kremlin e de Pequim reforçam a condenação à manobra da marinha estadunidense. Diante da pressão, e prevendo mais um desgaste na comunidade internacional, Obama ordena ao contra-almirante Victor  G. Guillori que retorne à Base Naval.

Em outubro, o general Francisco Carlos Modesto manda que as tropas da 1ª Divisão retornem ao Sudeste, pois vários regimentos tiveram seus paióis pilhados pelos guerrilheiros urbanos do RJ e de BH.  Em São Paulo, a 2ª Divisão do Exército não consegue conter as revoltas na região do ABC e na periferia, principalmente em Jardim Ângela, Capão Redondo e Jardim São Luís.

Até o final de 2015, dezenas de corporações da Polícia Militar do Centro-oeste e do Nordeste aderem ao movimento, em virtude da exploração a que os praças são submetidos como classe trabalhadora.

A tomada do poder e a implantação do socialismo

No primeiro dia de janeiro de 2016, os revolucionários tomam a capital do país. Muitos integrantes do governo, empresários corruptos e políticos conservadores fogem do país. Outros são expulsos.

O Comando Revolucionário toma várias medidas no país, como, por exemplo, nacionalização e estatização de bancos e empresas, reforma agrária, expropriação de grandes propriedades e reformas nos sistemas de educação e saúde. É instituído o passe livre no transporte público. A rede ferroviária é amplamente desenvolvida.

As terras foram redistribuídas para os trabalhadores do campo, os bancos foram nacionalizados e as fábricas passaram para as mãos dos trabalhadores. Foram criados Conselhos Populares para substituir a democracia representativa. Implementou-se no país uma democracia direta, exercida pelo povo e para o povo. O Senado foi extinto e o Poder Judiciário foi completamente reformado, fazendo com que a população tivesse realmente acesso à justiça, exercendo plenamente sua cidadania.

A democratização da mídia deu voz a setores da sociedade emudecidos pela força dos oligopólios midiáticos. O novo modelo de radiodifusão promoveu a diversidade, garantindo o pluralismo e mantendo a liberdade de expressão antes restrita aos donos dos monopólios de comunicação. A democratização da informação foi fundamental para a construção de uma nova sociedade com respeito à pluralidade e diversidade

O povo passou a internalizar a prática cultural da coletivização de todos os meios e bens de produção.

Em 7 de setembro de 2016, é promulgada pelo Grande Conselho Popular a Constituição do Povo. Nesta mesma data é fundada a República Popular do Brasil.

Até hoje os ideais revolucionários fazem parte da população brasileira, que mantém o socialismo plenamente vivo.

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios
Categorias: Sociedade | 14 Comentários

Navegação de Posts

14 opiniões sobre “República Popular do Brasil ― Resumo de uma revolução

  1. Moa ,
    ja te enchi de estrelas . O que vc escreveu foi lindo demais . Um lindo sonho que deveria ser realidade .
    Parabens !!!!!!

  2. Moacir de Sousa

    Ana, bem que a bandeira da República Popular do Brasil poderia ter algumas estrelas, né?

  3. Moa, um tempo atrás fiz um levantamento pruma disciplina de Análise do Discurso. Sabia que o Brasil faz parte dos 18% de países do mundo que não têm a cor vermelha em sua bandeira. E, dos países com quatro cores, só há o Brasil e mais um sem a cor vermelha. É muito apagamento simbólico.

  4. Teu artigo já deve estar ticado pela Abin, bicho… 😛

  5. Walace Cestari

    Abin, me investiga também, porque vou estar ao lado desses moços quando as previsões de Moacirdamus acontecerem.

    Lindo texto, Moa. Estava precisando me emocionar com a revolução nesses últimos tempos. Obrigado.

  6. Augusto Souza Silva

    Se fosse fácil assim teriam, feito, é claro que o fermento já foi colocado, e portanto os presupostos, estão corretos, porém existe uma massa enorme de pessoas do povo, e é claro a classe dominante, que não quer isto…pena que quem idealiza isto nunca desceu do pedestal para conversar com gente de verdade….e é claro não tem a menor idéia do horrores de uma revolução deste modelo.
    A verdadeira revolução acontece no dia a dia

  7. Bruno

    Vai pra cuba sua vagabunda comunista …. Vai pro inferno com essa porcaria vermelha! A bandeira do Brasil jamais sera vermelha… Se for necessário mataremos todos os comunas.. .

    • Paulo

      Como vocês da DIREITA são hiperdemocratas!! Cuidado, Bruno, de repente a história os colocará no fundo do mar!! E toda a sua fetidez…

      • Sara

        Direita ?????
        O que existe são os legalistas e os criminosos, e o que li foi totalmente criminoso, portanto vcs estão completamente errados e fora da razão.
        Tá louco ?!!!!

  8. FABIANO

    SOCIALISMO/COMUNISMO É TÃO LINDO, CHEIROSO E APETITOSO QUANTO É UM QUEIJO NA RATOEIRA !!! CLARO QUE SE COLOCAR UMA PEDRA NÃO VAI PEGAR IDIOTA ÚTIL…DIGO RATO NENHUM !!!! EU RECONHEÇO QUE SE NUNCA TIVESSE EXISTIDO O COMUNISMO ANTES EU ATÉ PENDERIA PARA ESSA FILOSOFIA, POIS É UM SONHO !!! MAS COMO TENHO O PÉSSIMO COSTUME DE TER BOM SENSO ÉTICA E LUCIDEZ NAS MINHAS ESCOLHAS…NUNCA MANCHAREI MINHA HONRA COM ALGO TÃO SUJO DE SANGUE INOCENTE, ALGO TÃO DEMONÍACO. QUE PRECISA DE CORAÇÕES ESTÚPIDOS OU CORAÇÕES DÉSPOTAS PARA ENCONTRAR GUARIDA !!! SE FOSSE BOM GRAMSCI NÃO MANDAVA MENTIR, ILUDIR, MINAR OS PILARES DO SISTEMA E DA SOCIEDADE PARA IMPLANTAR ESSA COISA IMUNDA QUE É O SOCIALISMO/COMUNISMO !!! MARXISMO, GRAMSCISMO, LENINISMO, TROTSKISMO E ETC. É APENAS O RESULTADO DA ALFABETIZAÇÃO DE INDIVÍDUOS DÉSPOTAS E LUNÁTICOS !!! DAÍ VEM GENTE ESTÚPIDA E DA CRÉDITO AOS SEUS DELÍRIOS !!!!

  9. Carl Lucca

    Você fumaram muita maconha estragada, a nossa Bandeira nunca será vermelha. Vão para Cuba, seus traidores da pátria, patéticos. Lembrem-se do dia 13. Vocês vão cair que nem dominó.

  10. Roney Jose Ferreira

    Olha o retrato do Brasil milhões de pessoas foram marginalizadas e vivendo abaixo da linha da miserai, a libertação dos escravos foi sem duvida nenhuma a grande demissão em massa sem nenhuma indenização por tudo que sofrerão e construiram no pais a duras penas, deixados a Deus dara ocuparam primeiro os portos para oferecer seus serviços, a especulação imobiliária transferiu para o Morro e criou as comunidades, a massa de imigrantes que vieram para o pais para substituir a mão de obra escrava também sofrerão ja que as promessa de terras e trabalho não foram cumpridas, aumentando o contingente de explorados, a elas se somam todas as raças que aqui já viviam na miséria, sem direito a educação, primeiro as mulheres não precisavam estudar porque cuidariam de casa, depois os homens também em sua grande maioria não tinham educação porque desde cedo, ou seja, da infância trabalhavam, até porque pra filho de operários e lavradores não se dava estudo. Concluindo quem construiu essa sociedade desigual foi o capitalismo e a dependência de países como os EUA. Gostem ou não foi nos governos de esquerda que vivemos um grande avanço nos direitos civis, que ocorreu nos anos 60 nos Estados Unidos, e que agora o poder voltou nas mãos da velha oligarquia, daremos muitos passos atrás. O nosso congresso representa uma política defendida a muito tempo pois é palco de famílias inteira como os Collor de Melo,Magalhães (Antonio Carlos) e Neves ( Aecio). Existe uma dinastia que governa este pais isso sim e corrupção. precisamos de um novo pais, precisamos de um socialismo a CARA DO BRASIL, recomendo aos senhores que estudem mais a historia desse povo sofrido do povo brasileiro, e digo mais aqueles que xingam e porque não tem fundamento em suas discussões, não possuem conhecimento necessário para o debate.

  11. Qwttg

    Va se internar. Seu merda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: