Vai ter GREVE! Já a Copa…

A arte é longa, a vida greve! Sêneca, o piqueteiro de Roma.

 

não vai ter copa

 

No horizonte lilás da Copa, as trombetas da discórdia já anunciam: em hora de Copa, é tempo de GREVES!

Greve de servidores técnicos das universidades federais

Greve no Colégio Pedro II/ Educação Federal Básica- SINASEFE

Greve no Judiciário Federal

Greve dos terceirizados da UNB

Greve unificada da educação do Rio (estado e município)

Greve municipal da educação em Caxias

Greve da educação em São Gonçalo

Greve da educação em Niterói

Greve na saúde do estado do RJ

Greve nos estaleiros em Niterói

Greve de vigilantes no RJ

Greve dos profissionais da cultura no Rio

Greve dos Engenheiros, arquitetos e geólogos do Município do RJ

Greve dos rodoviários do Rio

Greve dos rodoviários de São Paulo, capital

Greve dos rodoviários do ABC

Greve dos rodoviários de Belém

Greve dos rodoviários de Florianópolis

Greve dos rodoviários de Teresina

Greve da educação em Contagem

Greve dos Professores municipais de São Paulo

Greve dos Ferroviários de São Paulo

Greve dos metalúrgicos de Itajubá

Greve dos operários em Cubatão;

Greve da educação em Campo Limpo Paulista

Greve dos servidores públicos da prefeitura de BH

Greve da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Pernambuco

Greve de advertência da Polícia Civil em todo o país

Paralisação e Indicativo de greve dos metroviários de São Paulo

Paralisação e Indicativo de greve dos servidores municipais de Porto Alegre

Paralisação e Indicativo de greve dos professores e funcionários da USP, UNESP e UNICAMP

Paralisação e Indicativo de Greve dos professores da UERJ

Indicativo de greve no IBGE, já a partir da próxima semana

Indicativo de greve dos aeroviários

Indicativo de Greve da Polícia Federal

Indicativo de Greve dos funcionários da AMBEV, patrocinadora da Copa

Protesto contra a Taça da Copa em Belém

Protestos do MTST em SP

 

E outras mais não listadas aí.

 

grevis

Mais greves, por favor!

copa coxinha

Copa e Greves: uma equação coerente, afinal…

equação

Ou, em outras palavras, há dois fatores simultâneos e concorrentes aí. Dum lado, o senso básico de que há, claro, pelo que se lutar e esta é uma boa hora do ponto de vista do apelo social e midiático, além de propício no balanço de correlações de forças. Por outro viés, óbvio que paira no ar uma insatisfação justificadíssima pela simples comparação entre serviços vários e condições de trabalho e a gastança padrão FIFA empreendida in terra brasilis.

copa convocação

A Dona Fifa achava que passearia com a bola por aqui, a passos largos. Afinal, estamos no país do futebol, certo? Mas a tal Copa, sem rifar a paixão pelo futebol, despertou consciências e trouxe o gosto de rua a tantos. E como não faltava pelo que se indignar… A Copa que vai ter não é do jeito que imaginavam, com aplausos ovacionais. Vai rolar uma Copa em meio ao maior arco de categorias em luta e de povo protestando que eu me lembre de já ter visto.

A Fifa tentou trocar espelhinhos por amplo arrendamento de terrenos para seus espetáculos e se deu mal! Esta Copa vai virar referência de protestos pra história dos eventos, sobretudo dos próximos. Saiu bem caro pra população, mas, pra Dona Fifa, também não vai sair barato, em termos de desgaste e denúncias.

O futebol continua amado, mas as tais arenas e o padrão Fifa pouco têm a ver com o futebol que amamos. Esculhambaram com a magia toda. É só se ver a surreal pouca decoração das ruas pra época de Copa!

moneydestroyedfootball 2De volta ao país das greves…

“− Ah, mas a greve é política!

− Greves pra derrubar a Dilma!

− Ah, mas essas greves são contra a população!”

Como diria o comentarista Jack, por partes…

Toda e qualquer greve é, natural e obviamente, um instrumento de político e organizativo dos trabalhadores. Aliás, um dos instrumentos derradeiros. Mais derradeira do que a greve só mesmo a sabotagem coletiva aa produção. Sobre a Dilma da Silva, ora, claro que no caso dos servidores federais é ela que precisa dar uma resposta aas reivindicações. No mais, óbvio que ela seja um alvo em meio ao contexto de Copa. É lamentabilíssimo que haja tanto aproveitamento oportunista de direita quanto a isso. O jeito é pautar as cobranças e palavras de ordem aa esquerda sempre, de modo que a direitaça não as possa erguer como suas. Quanto aa população ser atingida, greve é suspensão das atividades laborativas, logo, é evidente que afete o atendimento aa população. É a medida do incômodo gerado por isso que leva a uma resolução mais imediata ou não para  a greve. Vimos bem isso na última greve de garis do Rio. O efeito da suspensão de sua atividade fez-se sentir nos ares da Cidade Outrora Maravilhosa. O contraexemplo disso surge, costumeiramente, nas greves da educação que, afinal, não afetam a sociedade num nível em que essa considere minimamente produtivo. Não é aa toa que essas manifestações nessa área, habitualmente, se estendam tanto.

Come gather round, children,

It’s high time ye learned

‘Bout a hero named Homer

And a devil named Burns.

We’ll march ‘till we drop

The girls and the fellas.

We’ll fight ‘till the death

Or else fold like umbrellas.

So we’ll march day and night

By the big cooling tower.

They have the plant

But we have the power.

 

Ainda não é a GREVE GERAL. Na verdade, nem creio que tenhamos condições de orquestrá-la hoje, vide nossas principais centrais sindicais, inclusive, comprometidíssimas com o atual governo. Mas já é um barulho bom de se ver. Protestos por direitos e contra indecências, simples assim. Imagina na Copa…

Não Vai ter Copa (2)

greve

 

 

 

 

Anúncios
Categorias: Sociedade | Tags: , , , , , | 5 Comentários

Navegação de Posts

5 opiniões sobre “Vai ter GREVE! Já a Copa…

  1. Flávia Belo

    Embora eu esteja saturada de tanta corrupção, como uma doença crônica na história do Brasil, e mesmo que eu sempre acabe indo pra esquerda, sempre, desta vez não vou é pra canto algum!!! Voto nulo desta vez, mesmo entendendo que possa comprometer o que já temos ai, pois o q está aí está longe de estar (como se diz) à esquerda! Voto nulo é o BASTA que creio estar faltando há tempos pra essa classe política vagabunda que temos, e sei das implicações desse ato. Porém, seria um choque e tanto ter de haver nova chamada, de novos candidatos, pois os que estão aí… dá vontade de chorar. Votei em Lula, em Dilma, em Dilma de novo, agora chega! De resto, concordo plenamente com TUDO o que vc escreveu, AMEI a “Union strike folk song” e tudo mais! Mais uma vez, parabéns Anderson! Muito show!!!

  2. pauloffred

    Anderson, vc não sabe a inveja que eu tenho dos seus comentaristas, kkakkakakaka

  3. Paulo, tem textos meus dos quais cê não tem por que ter inveja. Vai por mim…

  4. Obrigado, Flávia querida! 🙂

  5. Pingback: Governos 3 x 1 Trabalhadores da educação em luta | transversos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: