Futebol também é coisa de mulher! (ou Ave Puma!)

drogba Costa do Marfin

Drogba Costa do Marfin

Hoje o texto é pra mulherada!

Futebol, apesar do machismo que ainda acompanha o esporte, também é coisa de mulher! Verdade que ainda estamos tímidas no quesito discussão, mas isso também tem a ver com o machismo, afinal se um homem “erra” um palpite gera apenas um debate, um desacordo, uma divergência, mas quando a mulher erra aí o “buraco é mais embaixo”. Ser chamada de burra é o mais bonitinho que se pode esperar dos machos de plantão!

A nossa aparência, na hora da torcida, também gera reações absurdamente machistas. Se a torcedora usar camisa de time, shorts, chinelos e mostrar pouca vaidade por muitos será chamada de sapata, numa atitude totalmente sexista, lesbofóbica, preconceituosa. Mas se a moça, em questão, subir no salto, se maquiar, mostrar toda sua vaidade e preocupação com a aparência, então é de Maria Chuteira pra baixo. O que se pode esperar de uma sociedade patriarcal, num esporte dito masculino? É assim: o campo é dos machos, mas a mulherada está no melhor estilo “uh uh, vamos invadir!”.

Eu não acompanho futebol só na Copa. Sou torcedora ferrenha e desde os meus tenros cinco ou seis anos de idade, talvez antes, vai saber… Mas há quem o faça, e não condeno ou julgo por isso. Copa do Mundo, realmente, tem seus encantos, e que são incomparáveis aos torneios nacionais e estaduais.

Xabi Alonso Espanha

Xabi Alonso Espanha

E de encanto a mulherada entende, os homens gostando ou não! Nas redes sociais já virou mania a torcida feminina escolhendo os “melhores” em campo que, nesse caso, pode significar qualidade técnica ou não. Entre reclamações de um passe  mal feito, de uma marcação ruim, de uma defesa vazada, de um jogo na retranca e de um juiz ladrão, estão as reclamações de que os shorts dos jogadores aumentaram de tamanho. Mas há ainda aquelas que andam reverenciando a famosa marca alemã de material esportivo, Puma. Nem sempre os homens entendem o alvoroço. Então vai aqui uma explicação próxima do universo masculino (e machista)!. Machada, vocês manjam garota camiseta molhada? Então é isso! A mulherada vai à loucura!

Lugano Uruguai

Lugano Uruguai

Mas voltando ao futebol… Entre uma conversa e outra, me dei conta de que algumas amigas, apesar de adorarem futebol – e não só pelos encantos do qual falei acima – ficam muitas vezes perdidas com todo o futebolês das narrações e comentários. O machismo ainda intensifica essa dificuldade, porque perguntar pro namorado, irmão ou amigo, o que significa isso ou aquilo, pode gerar uma série de piadas intermináveis e que, provavelmente, durará gerações. História pra ser contada em várias festas e reuniões familiares! História pra servir de deboche em vários churrascos e encontros com amigos! Assim não dá! Tudo tem limite!

US Citta di Palermo Unveils New Players Mauricio Pinilla and Kamil Glik

Pinilla Chile

Mediante essa constatação, reuni algumas palavras ou expressões do jargão futebolístico, numa atitude solidária com minhas companheiras e afins à paixão nacional!

EXPRESSÕES:

Acréscimo – tempo de jogo após os 45 ou 90 minutos.

Alambrado – tela de arame (aramado) que separa a torcida do campo.

Arrumar a casa – recompor a equipe após uma forte investida do adversário.

Artilheiro – jogador que tem o maior número de gols marcados.

Banheira – pode ser impedimento, mas também pode ser o jogador que está adiantado, podendo estar impedido ou não.

Boca do gol- a frente da meta ou gol.

Bola na rede – gol marcado

Bola quadrada – passe mal feito ou ruim.

Cá e lá, lá e cá – jogo dinâmico, bem movimentado, disputado.

Carrinho – tentativa de desarme, quando o jogador se atira com ambos os pés na frente, de lado ou por trás no adversário.

Catimba – sistema antidesportivo que tenta levar vantagem e irritar os oponentes por meio de simulações de contusão, reclamações e demora na reposição da bola em jogo, com o objetivo de tumultuar a partida ou ganhar tempo.

Cavar um pênalti ou uma falta – simular falta ou pênalti.

Cera – demora em repor a bola em jogo para ganhar tempo.

Jogar na retranca – partida jogada defensivamente.

Onde a coruja dorme –  no ângulo entre a trave e o travessão.

Segurar o jogo – coibir a indisciplina. (juiz)

Tapete-verde – gramado

Tranco – empurrão que o jogador aplica no adversário para tomar-lhe a bola.

Travessão – trave que limita a parte superior da meta ou gol.

Trivela – chute com efeito dado com a parte da frente externa do pé.

Valorizar a posse da bola – segurar a bola para fazer o tempo passar, num resultado positivo.

Chapéu

Chapéu

DRIBLES:

Balão (balãozinho) – o jogador lança a bola em trajetória curva, bem acentuada, sobre o adversário e, deslocando-se rapidamente, volta a dominá-la adiante no chão. Também pode ser chamado de chapéu.

Chapéu – O jogador projeta a bola por cima de seu oponente e a retoma sem que ela caia no chão.

Caneta -A tradicional caneta ocorre quando o jogador consegue passar a bola por entre as pernas de um adversário, recuperando-a logo depois.

Drible da vaca (meia-lua) – Quando o jogador lança a bola por um lado do adversário e a recupera pelo outro.

Elástico – praticado pelos mais habilidosos com a bola nos pés, o drible inventado por Rivelino consiste em movimentar a bola (de leve) para um lado, e, com rapidez, puxá-la para o outro, entortando o adversário.

Pedalada – quando a bola está parada, ou se movimentando lentamente, e o jogador usa a ginga de pernas (como se estivesse pedalando uma bicicleta, por isso, o nome) para ludibriar o oponente, que fica sem saber qual será o lance seguinte.

OUTROS:

Cama-de-gato – esse termo é usado para definir uma falta cometida durante uma disputa de bola pelo alto, em que o jogador simula que vai saltar e, com o corpo, desequilibra o adversário que saltou sempre pelas costas. É considerada uma conduta maldosa e desleal, devendo sempre ser punida, geralmente com o cartão amarelo.

Gol de bicicleta – É quando em um lance o jogador fica em posição horizontal e acerta na bola com os dois pés suspensos, de costas para o chão.

Gol Olímpico – O gol olímpico é o gol marcado direto de uma cobrança de escanteio.

Cavalo paraguaio – clubes que disparam na tabela de classificação no início da competição, mas depois não conseguem manter o ritmo e terminam o campeonato em classificação intermediária, ou até rebaixados para divisão inferior.

Brazil v Mexico: Group A - FIFA Confederations Cup Brazil 2013

Hulk Brasil

Bom, e pra encerrar, antes que digam que estou objetificando os homens, esclareço: objetificar, ou coisificar como preferem alguns, é considerar alguém como coisa e destituí-lo de outros valores, os valores humanos. É pensar em estereótipos e fetiches. Transformar pessoas em adereços. É ditar comportamentos e classificar o ser humano conforme se afine ou não aos padrões esperados. É colocar alguém em posição de inferioridade e, ainda, de passividade. Não é isso que está sendo posto em questão. Ainda que entenda que beleza é algo relativo e guiado por cultura, moda, consumismo e tantos outros ismos, a admiração dessa beleza masculina, nos campos de futebol, é guiada por gostos pessoais e que nem de longe lembram o que os homens fazem com as mulheres há séculos! As torcedoras, mulheres suspirantes, estão apenas reivindicando seu direito a expressar sua admiração às belezas naturais dos países participantes da Copa!

Que a bola role e que vença o melhor!

Lavezzi Argentina

Lavezzi Argentina

Anúncios
Categorias: Cultura, Sociedade | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , | 5 Comentários

Navegação de Posts

5 opiniões sobre “Futebol também é coisa de mulher! (ou Ave Puma!)

  1. Lourdes Campos

    Adorei Andrea, tava me sentindo a entendida pq só não sabia o q significava coruja mas, qto aos gols, só conhecia dois ou três. E admito q não sei e não quero saber qdo de dá o impedimento, não adianta eu mal consigo ver uma falta sem a câmera lenta.Poderíamos ser amigas inseparáveis sua seleção de notáveis não coincide com a minha…mas concordo que a Puma nos faz um grande favor!

  2. Lindo jogo , amiga ! Fair Play ! Risos…Lindona , vc arrasando , como sempre !
    Mil beijos .Amo vcs !!!

    P .S – adorei as fotos . Risos..

  3. Flavia Belo

    Puxa… não saco nem 1/3 do que tá aí… e confesso: queria vibrar mais com futebol e torcer de verdade para meu time!!! Mas não consigo parar quieta pra ver jogo!!! Mas UAU!!! Seu texto tá fantástico!!! PARABÉNS!!!

  4. Marcos Rocha

    Seu texto parece ter sido escrito com base do que você deve ter visto há décadas. Em um estádio de futebol, ninguém liga como a mulher esta vestida, só se importam se ela esta la para torcer ao invés de ficar tirando ” selfie ” pra por em suas redes sociais. Texto em que você apenas usa a palavra machismo porque você não entende de futebol e como ele é um esporte praticado em maior parte por homens você o considera um esporte machista. Mas ele não é, fique sabendo que hoje em dia vão muitas mulheres ao estádio e todas se comportam igual a um torcedor homem e é preferível que se vá com a camisa de seu time, pois todos estão lá por um único objetivo: incentivar seu clube. Procure entender um pouco do esporte, ler mais sobre ele e verá que de tão machista que ele é, nesse ano uma mulher concorre ao premio de gol mais bonito do mundo., de tão machista que ele é hoje a maioria dos clubes brasileiros tem pelo menos uma equipe de base feminina e de tão machista que ele é 30% das pessoas que vão a um estadio são do sexo feminino. Seu texto é ultrapassado e lhe aconselho a ir em um jogo de futebol.

    • Hahahaha!! Marcos, em primeiro lugar, essa história de décadas magoa, viu?! Não sou tão velha assim, vai! E sou até uma mulher bem bonita e jovial, dizem, rsrsrs!!! Em segundo lugar, seu discurso de que não entendo de futebol pq não concordo com vc, só reforça minha teoria, ou seja, vc é um macho de plantão!! Em terceiro lugar, vc não entendeu nada do texto!! Ele é direcionado às mulheres que não acompanham futebol mas adoram a Copa do Mundo! É uma brincadeira com grupos de mulheres que postaram nas redes sociais fotos de belos exemplares masculinos, praticando o esporte nacional, usando os inesquecíveis uniformes da Puma! E toda a parte referente ao machismo foi baseada em conversas e entrevistas com mulheres sobre esse assunto!! Em quarto lugar, realmente o futebol não é machista, né?! Deve ser por isso que em 2008 uma jogadora da Guiné Equatorial teve que ficar nua pra provar que era mulher e continuar a participar da Taça da África! Ah, mas é verdade, mesmo, que a Seleção Brasileira de Futebol Feminino ocupa um excelente lugar no ranking da FIFA, tb é verdade que temos Marta, que é um espetáculo à parte! Vc só esqueceu de um detalhe, a seleção tem pouquíssimo apoio de dirigentes, imprensa e torcida, tanto que, acredito, esse é o motivo de não termos ganho nenhum título de expressão mundial!! Não há igualdade alguma qdo comparamos o investimento no futebol feminino com o masculino!! Então Sr. Marcos Rocha, vá contar suas histórias de conto de fadas pra outro! Aliás, seu nome é mesmo Marcos Rocha Galo, como aparece em seu email? Que interessante… Marcos Rocha do Atlético Mineiro (Galo) é um jogador que há pouco tempo atrás estava se oferecendo pra ir pra Europa e tudo que conseguiu foi renovar com o Atlético! hehehe. Ou será que vc é apenas um torcedor do Atlético? Nesse caso deve ser dor de cotovelo, afinal Cruzeiro foi campeão mineiro invicto em 2014, na 100ª edição do Campeonato Mineiro!!! Campeonato histórico… Tsc tsc. Mas acho que não, né?! Deve ser fake ou coincidência, afinal seu IP é de São Paulo… A não ser que estivesse matando saudades da Ponte Preta, rsrsrsrsrs!!! Enfim… Boa sorte na vida, Marcos Rocha!!! 😛
      PS: E vamos deixar claro uma coisa: Stephani Roche estava entre os 10 gols mais bonitos de 2014 por mérito!! É bastante machista da sua parte se referir a esse fato como se tivesse sido uma concessão ou um ato de bondade com as mulheres!! O gol foi bonito mesmo, pô! Merecia estar em destaque, e isso nada tem a ver com o fato de ser homem ou mulher, mas com competência!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: