Está chegando a hora… Ou vai-se a FIFA, fica o padrão JB (Justiça Brasileira)

E lá vou eu começando por notícia irrelevante só pra dar aquela salvada no ego nacional tanta vezes vilipendiado esta semana – como de costume, verdade seja dita. Os turistas gringos estão todo contentes conosco. Depois de descobrirem que somos ótimos anfitriões ( fora uma minoria de toscos que andou a frequentar as partidas da Copa) agora andam boquiabertos por termos escancarado as pilantragens da FIFA. Testemunhei e dou fé, escolhendo pra citar quase textualmente um depoimento da torcida dos que nos flagelaram em campo esta semana “ O Brasil, quem diria. Falhou da maneira que menos se esperava mas fez o que nunca dantes país algum conseguiu: escancarar essa máfia internacional” – me disse um alemão admirado. Ok, ele não disse “nunca dantes”, fiz versão livre só para provocar os nervos dos desafetos do Lula e para lembrar que não é só ele que acha que somos e seremos capazes de prodígios surpreendentes. Para o bem e para o mal, é claro.

Prodígio surpreendente para o bem, penso que o desenvolvimento do caso rumoroso da quadrilha de venda de ingressos da Copa dá prova.Tudo começou com a prisão do cidadão argelino Lamine Fofana que parecia ter o perfil sob medida para morrer, sozinho, com o mico na mão e todo o B.O. nas costas. Mas eis que, num lance original, Raymond Whelan, executivo próximo às altas esferas da FIFA, com direito a hotel de luxo e tudo, também vai parar no xilindró. Está certo que conseguiu alvará de soltura em questão de horas – e infelizmente não consegui apurar se por pagamento de fiança ou habeas corpus impetrado durante a madrugada – ah, a diligência dos nobres servidores da justiça com certos acu$ado$, que coisa comovente. Achei que a coisa ia parar por aí mas enganei-me de novo. Não é que na mesma semana, o MP do Rio de Janeiro decretou a prisão de 11 envolvidos, incluído o sr. Raymond que agora se encontra na situação de foragido? A continuar assim – e tenho motivos para acreditar que teremos capítulos eletrizantes como nunca dantes desta novela – em breve, o descortinamento completo das engrenagens desta máquina de produzir fortunas para poucos e lama para todos, vai fazer cair ilusões como bloquinhos de dominós enfileirados.

Infelizmente, o sistema judiciário continua a promover prodígios de vexame também. Refiro-me à vergonhosa detenção do militante pacífico e pacifista Hideki Hurano, o estudante e funcionário da Universidade de São Paulo. Apesar dos testemunhos abundantes – inclusive videográficos – de que não portava nenhum artefato de fogo ou arma branca e sequer participou de qualquer ação depredatória. Mesmo assim, plantaram evidências em sua mochila, o levaram para uma delegacia, o transferiram para uma prisão de segurança máxima no interior de São Paulo e, agora soubemos, foi transferido para uma cela coletiva. São 18 dias de prisão e humilhação para um jovem que não apresenta risco algum para a sociedade e que está sendo castigado por um único motivo: o de se importar com as questões da cidadania e exercer seu direito constitucional a manifestar isto em local público. E o MP paulista, até agora, nada.
Então vemos que, para variar, dois pesos e duas medidas na Justiça Brasileira é mato. A cada MP , conforme os desembargadores de ocasião. E por aí tudo continua como dantes no quartel de Abrantes. Reforma do Judiciário é uma das pautas urgentes, não é brincadeira, não é coisa supérflua. Mas sem demcratização da mídia, como informar, esclarecer, debater isto entre outras coisas com a sociedade brasileira ?
Para encerrar a croniqueta, conforme prometi comentar outro dia, digo agora por que achei que aquele slogan Hospitais padrão FIFA foi um tiro no pé – pelo menos daqueles que querem atendimento à SAÚDE e não bons negócios para a sua turma. Nós já temos muitos hospitais e até postos de saúde do tipo FIFA. São feitos com dinheiro público, recebem dinheiro de imposto federal, estadual e municipal mas são encampados pela iniciativa privada que os gere conforme sua veneta. Elas atendem pelo nome de OS e gastam o dinheiro público de modo muito independente, contratam médicos, fiscalizam o cumprimento de horas de trabalho e dão o padrão de atendimento que bem entendem. Só não movimentam um setor que traz divisas externas, como o turismo, e nem atendem o cidadão como se deve, mas isso é detalhe. No estado da arte da capitalista brasileira é assim. Tem muita gente posando de empresário, de benemérito, de empreendedor social gritando “ governo incompetente” mas empreender às suas próprias custas, ah, isso não. O negócio é privatizar os lucros e socializar os prejuízos.

Reivindicar escolas padrão FIFA, então, nem me fale. Sabem de nada, inocentes? Já viram o tamanho do interesse das fundações de ensino internacionais em comprar redes de Escolas de nível médio e superior no Brasil ? Só vou dar pista do tamanho do interesse, relatando o lucro do ano passado, da maior rede de faculdades do país: 5 bilhões de realetas. É ou não padrão FIFA? E tem mais essa, ,a lucrativa fifa educandária citada, manteve seu nome indígena, olha que fofa – pagar royalties para os indígenas, é claro, não faria o menor sentido. Está aí o Fuleco que não nos deixa mentir.

Mas vamo que vamo. O que está feito não está por fazer e o que falta a gente vai fazer e vai mesmo, não vai ter Copa ou máfia capaz de impedir.

Anúncios
Categorias: Sociedade | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: