Marinaram as eleições

Neca de pitibiriba que terá meu voto. Mas, parece que muita gente tá caindo no canto da improvável sereia. Eleições esquentando em banho-marina. “Vocês me abrem os seus braços e a gente desfaz um país”.

[Totalmente fugaz]

Aécio Neves já míngua na campanha, lançado com pelo menos 4 anos de atraso, vem se demonstrando incapaz de unificar mesmo a base que o sustenta e parece ter um teto de voo bem baixo, como o dos helicópteros supercarregados que cruzam os céus de Minas.

E o verdadeiro e derradeiro tráfico de drogas, engravatado, continua impune e quase sem comentários.

E o verdadeiro e derradeiro tráfico de drogas, engravatado, continua impune e quase sem comentários.

Aas vésperas de Aécio Neves ser rifado em praça pública por R$ 1,99, já há uma super-reserva de contingência e de mercado (com trocadilho e tudo) pro seu eleitorado: Dona Marina Silva. Renegando seu passado- inclusive desconhecendo desrespeitosamente Chico Mendes- Marina junta numa candidatura o pior do PT e o pior do PSDB. E como se já não bastasse “pior” nessa história, o pior de tudo é que ela tem muito menos contas a prestar por tudo isso do que os citados. E já demonstra isso claramente. Esse papinho, pra acalentar o sono de bovinos castrados, de que o governo FHC teve muitos pontos positivos, assim como o governo Lula, é um pega bobo que leva muita gente na lábia barata.

Marina_Silva-580x384

Em trocadilho reverso com o precocemente esquecido passado, hoje a “cara de pau”.

Marina já está a se tornar o ancoradouro da raiva babona antipetista, aa direita e aa esquerda. A velha história da candidatura salvadora de última hora. Já incensada, vista como alternativa de equilíbrio pela mídia hegemônica. A tal “nova política”. Já vimos essa invenção de roda com Collor! E por sobre a enxurrada, lá vem Marina, a tábua de salvação do “novo” Brasil.

Hoje, a candidatura Marina é tão errática e ao fluir das marés que sequer no campo em que historicamente ela se construiu, o da militância ambiental e ecológica, se sabe qual, afinal, será seu direcionamento. Isso até porque não se sabe ainda qual será o cômputo final do balaio de interesses que a terá alavancado até o final da contenda eleitoral. Já se sabe de cara do apoio desinteressado da família Setúbal, esses pobres diabos a viver de contar os caraminguás que o Itaú lhes reserva em sucessivos recordes de faturamento . Em troca só a autonomia do Banco Central… Mas, justiça seja feita, as três candidaturas midiáticas, hoje, disputam aa foice o apoio do capital financeiro brasileiro. Ao que tudo indica, Aécio tá ficando na pista, enquanto Dilma, depois de tudo que seu partido fez por este setor (mais do que o governo FHC), assiste a essas ingratas defecções de suas hostes neoliberais. Sim, até porque as três candidaturas disputam isso: a gerência neoliberal no país. Claro que há nuances, o que me impede de todo de falar que as três candidaturas sejam iguais, embora eu não vá convictamente votar em nenhuma delas. Pelo menos não no 1º turno. Talvez no 2º turno, dependendo de sua configuração.

marina rede

Realmente, uma imagem diz mais que mil palavras.

Marina é o resoluto liberalismo econômico pleno com conservadorismo moralista e social num forçoso e dissimulado balcão de negócios político, este último aspecto no mesmo plano que de seus adversários Dilma e Aécio. Eu, como disse em meu texto da última semana, sinceramente acho que todo esse contexto muito mais leva a campanha Dilma pra direita do que a uma caracterização que gere polarização com o neofenômeno Marina, em termos político-econômicos. Mas, insisto, Marina é o pior dos possíveis mundos. Ruim com Dilma, pior com Marina!

Pela família, com Deus e com Marina! Não tardam os rodrigo-constantinismos, olavismos e congêneres mais ou menos raivosos e tresloucados laudatórios aa Marina. E fogos e rojões pras pesquisas!

E, agora, Dilma é vitral e tudo é pedra. Algumas pedradas justíssimas, mas a maioria pela direita mais descarada que há. E lá vem o PIBinho e muito mais, com ou sem sentido. Repito, não sou eleitor da Dilma, tampouco apoio ou tenho expectativas positivas quanto a seu governo. Contudo, compreendo que o 2º turno que vem por aí pode significar, como tem significado nas últimas eleições, optar pelo governo que proporcione as melhores (se preferirem, chamam de “menos piores”, afinal, é puro jogo de palavras sem mudança de sentido) condições de se fazer oposição. Semana passada, findei meu texto dizendo “Não é eleição que muda a vida.”. Muda sim, pra melhor. Se você é empreiteiro, agiota legalizado (banqueiro), dono da mídia, esse povo da pobre e quase inexistente elite brasileira com a qual Marina se compadece. Pro restante, resta a luta no cotidiano.

 [Nem que o canto fosse esse!]

 

 

Anúncios
Categorias: Política | Tags: , , , | 12 Comentários

Navegação de Posts

12 opiniões sobre “Marinaram as eleições

  1. FLAVIA BELO

    Não tenho entendimento maior da trajetória da MARINA, mas tive soube que ela andou se “desviando”, vamos dizer assim, de suas origens… e embora não goste de como a Dilma vem conduzindo as coisas, tô vendo O POVO TODO dizendo que vai votar na MARINA, pq querem tudo menos a DILMA… como vc disse, ela agora é vitral e tudo são pedras… GOSTARIA DE INICIAR UMA CAMPANHA PELO VOTO NULO MACIÇO, PORÉM… NÃO CREIO NO PODER DO NOSSO VOTO EM URNAS ELETRÔNICAS, ALÉM DA QUESTÃO Q TENHO ME COLOCADO SOBRE A “VALIDADE” DO VOTO NULO NA PRÁTICA… OBRIGADA pela reflexão inteligente, como sempre!!!

  2. Equívoco Humano

    Nada é mais temerário que uma corja de ladrões no poder Abreu e Lima, mensalão, Passadena, Estádios da Copa, 39 ministérios para empregar a companheirada, compra de lanchas pelo Ministério da Pesca(???), compra de médicos cubanos sem revalida (se estamos pagando Cuba é compra mesmo), Porto Mariel, Porto No Uruguai…precisa mais provas. Concordo que a Marina é um perigo, mas comparado com a Dilma e sua camarilha é um caminho tranquilo. Não entendo a tolerância deste blog, com todas as situações citadas, nem a fúria contra quem discorda. Acho que slogan deveria ser Transversos onde opiniões divergentes não são bem vindas.

  3. Caro Equívoco, Você lê o blogue seletivamente? Já publiquei textos criticando duramente o PT. Quanto aos consensos, referimo-nos aos consensos na sociedade brasileira. Sobre a corrupção, sugiro a leitura de meu texto “Quem tem Deus não precisa de corrupção”, o qual linquei em outro comentário que fez recentemente noutro texto meu.

  4. Equívoco Humano

    Infelizmente não li este texto,gostaria de ler, mas acho que não acompanho o blog a tanto tempo assim, o que já li, no blog, diversas vezes é que o PT não inventou a corrupção. Mas quando um negócio orçado em R$ 2 bi se transforma em um negócio inacabado de R$ 18,7 bi, e não é digno de nota pelo blog, cheira a servilismo. E a fonte não é a Veja, não é o Rodrigo Constantino(que nem leio), mas vocês citam tanto, é a própria Graça Foster presidente da Petrobrás. Fora todos os outros escândalos citados e não citados(Gamecorp, por ex). Com os níveis de corrupção alcançados neste governo, nada pode ser mais perigoso, nem a Marina. Além disso, uma política econômica para lá de desastrosa e a fonte é o PIB com crescimento pífio. Dos textos que li com críticas ao PT, não vi nenhuma realmente dura, e sim muitas vezes atenuadas como se fosse um mal menor. Será que é um consenso “rouba mas faz”. Por fim, os consensos que não são aceitos são os de fora blog, casualmente, não muda o que eu falei, obrigado por esclarecer.

  5. Equívoco Humano

    Desculpe preferia ter não lido. Primeiro se a corrupção é inerente ao capitalismo, também é inerente ao socialismo e ao comunismo, já que os melhores cargos ficam sempre reservados a quem for do partido. Porém o que não entendo é como se comemora tanto os R$ 25, 6 bi do bolsa-família, quando somamos mais que isso em escandalos de corrupção (só Abreu e Lima é R$18,7 bi). Com orçamento direcionado a diminuição de custo brasil e com uso de bolsas de maneira corretiva com metas e fiscalização se faria mais socialmente do que qualquer coisa. E combatendo arduamente estes ralos que levam o dinheiro que poderia ser do SUS ou até do bolsa-família. Se eu acredito que a Marina vai fazer isso? Nãããããããooo, mas pelo menos a camarilha dela não conhece os ralos como os que estão lá a mais de uma década. Infelizmente não vi uma linha de crítica ao PT neste texto, e como salientei anteriormente, meu conceito de crítica duríssima e muuuuuuuuuuuuuuuuito diferente do teu, embora você seja um crítico mordaz, mas nunca ao PT.

  6. nanci garcia da silva

    Paguei dízimo ao PT por quase vinte anos; não o fundei porém cf. exigência jurídica ajudei a legalizá-lo dirigindo no Rio a Fundação Wilson Pinheiro, seu instituto de estudos políticos hoje Fundação Perseu Abramo. Militei nos seus Núcleos de Mulheres e de Cultura e escrevi o primeiro artigo sobre a questão da mulher para o Boletim Nacional do PT publicado em 11/85, mesmo ano que uma mulher Maria Luíza Menezes Fontenele assumia uma prefeitura (Ceará) em nome do PT – ela foi expulsa pelo seu partido em 1989, uma prática histórica que lhe é comum no tratamento das diferenças de opinião e da desobediência ao programa e orientação originais do partido – Bete Mendes, Heloísa Helena, Luciana Genro, Luiz Bassuma (contrário ao aborto) entre outros. No episódio do assassinato do prefeito Celso Daniel, eu me desfiliei desse “honroso” partido – que até bem pouco contava com Sarney (aposentou-se) e hoje conta com Collor, Renam, Maluf, em sua base de sustentação política que é chamada pelos progressistas do PT “acordos espúrios para governabilidade” . O depoimento do Maluf, que continua procurado pela Interpol, publicado hoje (04/09) nos jornais sobre as suas relações com o PT (considera-se à esquerda do partido, “um comunista do PT”) e a candidata que pretende eleger (Dilma) é a demonstração mais inequívoca do achincalhamento da ética política promovida por Lula e seus seguidores – já fui um deles! Aliás, “ sair do PT é fácil!, difícil mesmo é tirar o PT de dentro de si” . Lembremo-nos que, no 2º. (segundo!!!!) mandato de Lula, Maluf exigiu-lhe (e obteve) uma visita privada, em seu apartamento, em troca do apoio malufista á candidatura de Fernando Haddad; a foto do aperto de mãos entre ambos merece ser guardada para futuras gerações entenderem o significado do constrangimento moral, em desuso. Diferentemente das críticas matizadas pela intolerância religiosa, Marina Silva nunca manifestou opiniões contrárias ao Estado laico, tão logo entrou na disputa presidencial e disparou nas pesquisas de opinião, Dilma, escolhendo-a como oponente a ser batida, compareceu a um encontro com lideranças das igrejas Assembléia de Deus e num discurso emocionado declarou “Feliz é a nação que tem Jesus como Senhor!” e no dia anterior já havia inaugurado o Templo de Salomão (SP) ao lado do bispo Edyr Macedo. Tenho documentos que comprovam todos os fatos citados, inclusive os de minha participação no PT. Sou agnóstica e me espanta tamanho ardor religioso na busca do voto. Há 500 anos a presença católico-romana faz política, sem questionamentos expressivos. Se a prática democrática e a laicidade fossem realmente uma tradição brasileira, a presença de grupos religiosos não católicos não seriam vistos como uma ameaça ao Estado. Como também não ameaça o Estado a presença dos grupos LGBT nem daqueles que defendem o consumo das drogas. EU VOTAREI EM MARINA SILVA como já o fiz nas eleições de 2010. E não sou imbecil, cristã ou fundamentalista como faz a tentativa de desconstrução de sua candidatura. Como o texto acima! O “achei” pesquisado no Google não permeia a defesa dos meus argumentos , daí não discutir o Agronegócio. Porém, já estou estudando o assunto com profundidade com um amigo engenheiro agrônomo que é professor da Rural. Quando dominar o assunto, eu me colocarei! Se bem que o olhar enviesado faz a gente olhar para o lado que nos interessa. Nasci no morro da Mangueira porém já pertenço à elite branca! Eu não me escudaria em ser amiga da Neca Setúbal! Quanto a tomar cafezinho com Maluf, prefiro ser decapitada por islâmicos fundamentalistas!

  7. Não dá pra argumentar com ressentimento. Eu falo doutro ponto de vista.

    https://transversos.wordpress.com/2014/08/23/o-pt-nunca-me-decepcionou/

  8. Apenas estou a esclarecer meu ponto de vista.

  9. Andressa Maxnuck

    Gostei muito do seu uso do “aa” em lugar de “à” =)
    (sem querer preterir o conteúdo, mas eu sou apreciadora do vernáculo)

  10. Andressa, é meu uso generalizado há mais de ano, aqui no blogue. Retomando o uso comum até o séc XVII.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: