Moacir de Sousa

MOACIRMoacir, tão transverso que se autodescreve:

“A Divina Providência predestinou-me ser professor e tricolor. Quando maldigo o Relojoeiro pelas agruras da profissão, não dou corda no relógio. Quando vai mal meu Fluminense, culpo Nelson Rodrigues por ter criado a pátria de chuteiras.

Nos tempos de (trans)formação na faculdade encontrei o caminho das esquerdas transversais. Na companhia de Walace Cestari, Anderson Ulisses, Márcio Hilário e outros amigos do deboche, bebi o vasto mundo e falei a língua de Drummond.

Durante muitos anos, com muito afinco e dedicação, criei uma imagem sólida de irresponsável, alcoólatra e mulherengo, mas o trabalho, meu fígado e os compromissos familiares colocaram tudo a perder.

Aprendi com Carlos Marx e o pai do Zaratustra a não assobiar a canção de quem me paga o tostão. E nunca esqueci o que meu avô me dizia: “Às vezes pode ser tarde demais para se perceber um erro, contudo sempre há tempo para se cometer um novo erro”.

Montei e desmontei grupo literário. Escrevi artigos e traduzi poetas do Expressionismo alemão conhecidos por mais três ou quatro esnobes da cátedra. Cometi alguns poemas, mas fiz o favor à literatura de não publicá-los…ainda. (A poesia é boa, porém as palavras atrapalham um pouco.)

Destoando dos amigos do Transversos, tenho ouvido de Van Gogh para a música. Nas rodas de samba, eu era o reserva do cara do chocalho. Como cantor sempre fiz um grande sucesso calado.

Minha crença nas leis do mercado é pra lá de nula. O capitalista é tosco, suas vilanias é que são de uma riqueza e diversidade esplendorosas. A Natureza é falha nas compensações: para cada alma dadivosa, engendra um bando de neoliberais pestilentos.

Como a Sentinela da Liberdade na guarita do Transversismo, faço diametral oposição aos privatistas, turbocapitalistas, moralistas, militaristas, antigrevistas, academicistas, obrigacionistas, papistas, fascistas, cabalistas, cambistas, direitistas, centristas, autoajudistas, elitistas, golpistas, malafaístas, hegemonistas, monopolistas, proctologistas, proselitistas, sexistas, simplistas, motosserristas, proibicionistas, racistas, regalistas, vigaristas e xilofonistas.”

Anúncios
3 Comentários

3 opiniões sobre “Moacir de Sousa

  1. Affe , apaixonei …risos…um lindo galã de rodoviária …que fala alemão ! Risos .
    Adorei seu perfil . Não conhecia esse lado seu . Achava vc tão meigo …risos…
    Sou nelsonrodrigueana e já li até À Sombra da Chuteiras Imortais …risos….

    Beijos

  2. Pingback: Comoção: bibelôs-sereia e suas roupas e decotes nas redes sociais | transversos

  3. Pingback: Comoção: bibelôs-sereia e suas roupas e decotes nas redes sociais* | FeminAGEM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: